Google+ Badge

terça-feira, 28 de julho de 2009

BELÉM - CONVÍVIO COM O LIXO E LAMA


Amazônia Jornal
Edição de 28/07/2009


Moradores da rua das Amoras, no Tapanã, reclamam do lamaçal no qual são obrigados a conviver, além de dois pontos que se transformaram em verdadeiros 'lixões' no local. De acordo com eles, a rua nunca recebeu qualquer tipo de pavimentação e, em períodos chuvosos, os alagamentos são constantes. Eles pedem uma providência da prefeitura para acabar com os problemas enfrentados. 'Os dois últimos prefeitos de Belém já estiveram aqui na época de eleição e prometeram asfaltar esta rua, mas até hoje nada foi feito. A gente precisa muito que a prefeitura nos ajude e pavimente logo a rua', disse o morador Francisco Viriato, de 47 anos.

De acordo com os moradores, a comunidade possui várias associações, mas elas nunca conseguiram que a reivindicação fosse acatada pela prefeitura. Francisco Viriato mora há 30 anos na passagem Presidente Dutra - que corta a rua das Amoras - e conta que ela sempre foi ruim e que nunca teve nenhum tipo de saneamento. De acordo com ele, os dois 'lixões' na via são formados por moradores de outras localidades, que vão até lá só para despejar o lixo e o entulho. 'Essa questão já gerou muita briga entre moradores. Hoje mesmo eu chamei a atenção de uma pessoa que veio despejar lixo aí, mas eles não nos ouvem', reclama o morador.

Cleude Maria Portugal de Castro, de 42 anos, mora há 26 anos na comunidade e conta que o caminhão de lixo passa na rua Presidente Dutra todas as segundas, quartas e sextas, mas muitos moradores de outras áreas não observam o calendário do recolhimento do lixo domiciliar. Além disso, depositam também entulho, cuja data de recolhimento eles desconhecem. Maria de Assis, de 44 anos, mora há cerca de dez anos na rua das Amoras e revela que queima o lixo no seu quintal porque acha mais fácil fazer isso do que levá-lo até a rua Presidente Dutra. 'Acho que o correto seria o carro do lixo também passar aqui na Amoras, mas acho que eles não passam porque a rua está em péssimo estado de conservação', acrescentou.

Através de nota enviada à redação, a Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) informa que 'o trecho citado, na rua das Amoras, no Tapanã, é um ponto crítico de descarga de entulho'. Entretanto, a secretaria afima é feita a limpeza da área periodicamente. Ainda segundo a nota, hoje, 28, será um dos dias de limpeza do local. A secretaria esclarece ainda que uma equipe fará uma visita técnica na área, para avaliar a situação e adotar as devidas providências.
Leia no Jornal Amazônia

Aqui

Nenhum comentário: