Google+ Badge

sábado, 22 de março de 2014

Só o começo


Nestor Cerveró é demitido da diretoria financeira da BR Distribuidora





RIO  -  Diretor da área internacional da Petrobras na época da aquisição da refinaria em Pasadena, nos Estados Unidos, Nestor Cerveró foi demitido hoje da diretoria financeira da BR Distribuidora.
No total, e em diferentes etapas, a Petrobras gastou US$ 1,18 bilhão na compra da refinaria, que hoje é avaliada em menos de US$ 200 milhões.
A aquisição, feita em fevereiro de 2006, foi aprovada pelo conselho de administração da Petrobras, que na época era presidido pela então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.
No início da semana, Dilma disse em nota ao jornal “O Estado de S. Paulo” que só aprovou o negócio porque se baseou em um resumo “técnica e juridicamente falho” que foi apresentado na reunião.
Cerveró teria sido o responsável pela elaboração do resumo.

Por Cláudia Schüffner | Valor

Política eleitoral de alto estilo


O deputado federal peemedebista Asdrúbal Bentes diz que vai se entregar na segunda-feira

ESTERILIZAÇÃO
Deputado muda o discurso e diz que admite renunciar ao resto do mandato


O deputado federal peemedebista Asdrúbal Bentes declarou ontem que irá se apresentar na vara de execuções penais de Brasília na próxima segunda-feira (24) para poder cumprir a condenação pelo crime de esterilização ilegal, do qual ele foi considerado culpado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2011. O parlamentar, que ainda está em liberdade em Marabá, afirmou também que está pensando na possibilidade de renunciar ao mandato de deputado federal pelo Estado do Pará. "Eu vou para Brasília, além de me apresentar, conversar com lideranças nacionais e regionais, os meus familiares, minha mulher, meus filhos, e depois apresentar uma decisão. Não há motivo para precipitação. Estou com a consciência tranquila", disse Bentes.

O discurso de Bentes já é bem diferente das declarações feitas à imprensa na noite de quinta-feira, logo após o plenário do STF rejeitar os últimos recursos movidos pela defesa e determinar a expedição imediata do seu mandado de prisão e a comunicação da decisão à Mesa Diretora da Câmara dos Deputados para fins de deliberação da perda de mandato do parlamentar. "Não vou sair da Câmara pela janela, quero sair pela porta da frente, como eu entrei. Até porque fui condenado por um crime que não cometi e por uma teoria chamada teoria do domínio do fato. Eu não cometi (o crime), mas teria o domínio dos fatos", declarou na ocasião, descartando a possibilidade de renúncia.

"Como é regime aberto, há compatibilização com o exercício do mandato. Até porque o regime aberto pressupõe que a pessoa esteja trabalhando. Meu trabalho hoje é este", completou.


Pelo Supremo, Bentes deve cumprir sentença de 3 anos, um mês e 10 dias em regime aberto, já que tem 74 anos. De acordo com o deputado do PMDB, seus advogados estão acertando os detalhes finais sobre o cumprimento da pena, que inclui restrições de liberdade como impossibilidade de deixar a sua residência durante a noite, ingerir bebida alcoolica ou viajar sem autorização. Pela legislação, os condenados ao regime aberto devem ficar nas chamadas casas de albergado durante a noite. No entanto, de acordo com a Vara de Execuções das Penas e Medidas Alternativas (VEPEMA), "diante da inexistência de tal estabelecimento, as penas são cumpridas na própria residência dos sentenciados, que devem obedecer às determinações judiciais, que incluem, entre outras: recolher-se às suas residências diariamente, a partir das 21h e apresentar-se bimestralmente (à Justiça)".

O Liberal
BRASÍLIA
THIAGO VILARINS
Da Sucursal

quinta-feira, 20 de março de 2014

Hoje na UFPA - Palestra sobre desafios do empreendedorismo nas instituições de ensino superior



Repórter Diário


Com o objetivo de disseminar a cultura empreendedora a Universidade Federal do Pará - (UFPA) por meio de sua Agência de Inovação Tecnológica - UNIVERSITEC realizará na próxima quinta-feira, 20, as 18:00, no auditório do Projeto Newton deUFPA (do lado da Agência de Inovação Tecnológica) a palestra "Os novos desafios do empreendedorismo para instituições de ensino superior do Brasil". A Palestra será ministrada pelo Sr. Ladmir Carvalho, Diretor Executivo da Empresa Alterdata Software.

Também estarão presentes o Reitor da Universidade Federal do Pará, Prof. Dr. Carlos Edilson de Almeida Maneschy e o Diretor Superintendente do Sebrae, Vilson João Schuber. Como debatedores do evento.


A Programação faz parte das ações desenvolvidas pelo Projeto de empreendedorismo da Universitec com objetivo de promover uma transformação na comunidade acadêmica, no que se refere a semear o empreendedorismo na cultura regional e difundí-lo ainda mais na UFPA. Além de fazer com os alunos das diversas áreas do conhecimento possam compreender que, por meio de ideias empreendedoras, podem ser gerados grandes negócios.

Sobre a Alterdata : A empresa Alterdata Software está no ranking da Revista Exame PME das empresas que mais cresce no Brasil de todos os segmentos de mercado. Considerando o segmento de Tecnologia da Informação e levando em consideração o faturamento das empresas, a Alterdata está em TERCEIRO lugar no país, apenas existem duas empresas de TI com faturamento maior e que cresceram mais, porém estas duas empresas tiveram esta performance com aquisições de concorrentes, enquanto a Alterdata tem crescido organicamente, com a sua própria excelência operacional.

terça-feira, 18 de março de 2014

"Os novos desafios do empreendedorismo para instituições de ensino superior do Brasil".



Com o objetivo de disseminar a cultura empreendedora a Universidade Federal do Pará - (UFPA) por meio de sua Agência de Inovação Tecnológica - UNIVERSITEC realizará na próxima quinta-feira, 20, as 18:00, no auditório do Projeto Newton deUFPA (do lado da Agência de Inovação Tecnológica) a palestra "Os novos desafios do empreendedorismo para instituições de ensino superior do Brasil". A Palestra será ministrada pelo Sr. Ladmir Carvalho, Diretor Executivo da Empresa Alterdata Software.

Também estarão presentes o Reitor da Universidade Federal do Pará, Prof. Dr. Carlos Edilson de Almeida Maneschy e o Diretor Superintendente do Sebrae, Vilson João Schuber. Como debatedores do evento.


A Programação faz parte das ações desenvolvidas pelo Projeto de empreendedorismo da Universitec com objetivo de promover uma transformação na comunidade acadêmica, no que se refere a semear o empreendedorismo na cultura regional e difundí-lo ainda mais na UFPA. Além de fazer com os alunos das diversas áreas do conhecimento possam compreender que, por meio de ideias empreendedoras, podem ser gerados grandes negócios.

Sobre a Alterdata : A empresa Alterdata Software está no ranking da Revista Exame PME das empresas que mais cresce no Brasil de todos os segmentos de mercado. Considerando o segmento de Tecnologia da Informação e levando em consideração o faturamento das empresas, a Alterdata está em TERCEIRO lugar no país, apenas existem duas empresas de TI com faturamento maior e que cresceram mais, porém estas duas empresas tiveram esta performance com aquisições de concorrentes, enquanto a Alterdata tem crescido organicamente, com a sua própria excelência operacional.



segunda-feira, 17 de março de 2014

Embarques de milho de Mato Grosso recuaram 62% em fevereiro



SÃO PAULO - As exportações de milho de Mato Grosso foram consideravelmente reduzidas em fevereiro para dar lugar aos embarques de soja, informou hoje o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), em boletim.

No último mês, o Estado exportou apenas 599 mil toneladas de milho, 62% abaixo de fevereiro do ano passado. Conforme o Imea, esse volume representou 56% do total embarcado pelo país, de 1,06 milhão de toneladas.

A participação mato-grossense nos embarques nacionais também está bem abaixo dos 69% de um ano atrás, o que demonstra que o foco do mercado na soja, que começa a ser escoada em ritmo intenso mais cedo em 2014. “A expectativa é que nos próximos meses os volumes diminuam ainda mais, voltando a se tornarem ativos a partir do segundo semestre, com a entrada da nova safra”, disse o Imea, no boletim.

Em fevereiro, os principais compradores do grão mato-grossense foram Vietnã e Argélia. O porto de Santos continua sendo o principal ponto de embarque, porém sua participação de 41% em fevereiro é inferior aos 51% do mesmo período do ano passado.

Mato Grosso já embarcou 13,95 milhões de toneladas de milho no acumulado da safra 2013/14, restando cerca de 590 mil toneladas, segundo projeções do Imea, a serem escoadas até a entrada da safra nova, a partir de junho.


(Mariana Caetano | Valor)

Criação de emprego dobra em fevereiro


FLORIANÓPOLIS - (Atualizada às 17h27) O mercado de trabalho brasileiro registrou criação líquida de 260.823 vagas em fevereiro, mais do que o dobro dos 123 mil postos de trabalho criados em fevereiro de 2013. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério do Trabalho.

O resultado de fevereiro é o melhor para o mês desde 2011, quando foram criadas 280,7 mil vagas. Também ficou acima da projeção média de dez instituições financeiras ouvidas pelo Valor Data (120,1 mil). A criação de vagas em fevereiro também superou o teto das estimativas, de 158 mil novas vagas.
O saldo de fevereiro é oriundo de 1.989.181 contratações com carteira assinada e 1.728.358 demissões. No ano, foram abertas 302.190 vagas de emprego. De acordo com o ministério, de janeiro de 2011 a fevereiro de 2014 foram criadas 4.792.529 vagas de trabalho.

Acumulado em 12 meses
Nos 12 meses terminados em fevereiro, de acordo com os dados do Caged, foram gerados 1,157 milhão de empregos no país. O resultado é 10,7% melhor do que o dos 12 meses terminados em janeiro, que indicavam a criação de 1,045 milhão de empregos. 

Ambos os dados utilizam a série histórica ajustada — com informações enviadas fora do prazo referentes ao período de março a janeiro, e números enviados apenas dentro do prazo referentes a fevereiro.
Esse avanço foi possível porque os 260.823 postos gerados no mês passado, na série sem ajuste, é superior tanto ao resultado de fevereiro de 2013 sem ajuste (criação de 123.446 postos de trabalho), quanto na com ajuste (168.013 novas vagas de trabalho).




(Evandro Baron | Para o Valor)

Até domingo




O Senado ou Vice, na Chapa do Jatene


Jornal navega no espaço. Não é tão simples assim tudo tem que ser acertado antes. 

Antes precisam acertar com os russos, principalmente com Mario Couto e uma longa relação de excelentes candidatos.

Mas para falar mal é só começar, já cansa. 




Paysandu vence o Remo 1X0 e abre vantagem



(Foto: Daniel Costa/DOL)
No primeiro confronto pela semifinal da Copa Verde, disputado entre Remo e Paysandu, neste domingo (16), no estádio do Mangueirão, a equipe do Papão fez valer sua melhor campanha do torneio e, com boa atuação no segundo tempo, abriu o placar e garantiu, por 1 a 0, a vantagem na busca pela vaga na final da competição.

Os torcedores, que compareceram em peso e foram os responsáveis por mais uma linda festa nas arquibancadas, assistiram a um primeiro tempo equilibrado, com muitos erros de passes e perdas de gols.

O segundo tempo foi todo do Paysandu, que dominou a partida e conseguiu abrir o placar aos 4 minutos com Heverton, que de cabeça mandou a bola no ângulo direito do goleiro Fabiano.

O Remo levou perigo ao Paysandu e tentou reagir, mas para piorar a situação dos azulinos, o atacante Val Barreto foi expulso aos 24 minutos, após uma pisada em Pikachu. Depois disso, a pressão da equipe bicolor aumentou e o restante dos minutos foram eletrizantes. Mas, o Remo não se acomodou e nos acréscimos, aos 47 minutos mandou a bola para o gol, tirando a tinta da trave.

O Paysandu encerrou o jogo garantindo o resultado positivo, que deu ao time a vantagem de um empate no segundo jogo da semifinal da Copa Verde, marcado para o dia 23 de março, às 19h30, no estádio do Mangueirão. Você poderá acompanhar o minuto a minuto da partida no DOL e no Twitter @DOLdiarioonline.

(Andressa Ferreira/DOL)