Google+ Badge

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

BELÉM - ùltimas da UFPA

Do Blog do Bilhetim e do Belixe

UFPa: eleições para de reitor de 2008- quando a patronagem vai contra a racionalidade institucional

Um dos fatos "pitorescos" , num contexto de humor escuro, foram alguns lances da campanha eleitoral para reitor da UFPA de 2008. No ICS a situação e a oposição estavam com Maneschy. então o reitor usou a máquina para equilibrar o jogo naquele instituto. Fechou, com o uso da máquina, a totalidade do curso de enfermagem para o apoio a sua candidata. O preço foi altíssimo para nossa instituição: foram dadas 29 vagas docentes a este curso, e os professores selecionados foram quase todos como auxiliares de ensino, ou seja, a maioria não detinha doutorado. Enquantro isso o curso de medicina corria e ainda corre o risco de fechar. Sem falar de outros curso na UFPa que padecem por falta de corpo docente de carreira.

Em 2008 UFPA deixa de gastar 2.8 milhões de emendas parlamentares

Mais uma da ex-prefeitura competente da UFPa: não foram gastos no orçamento de 2008 R$2.800.000,00 (dois milhões e oitocentos mil reais) em emendas parlamentares. Paulo Rocha e Zenaldo Coutinho estão dentre os parlamentares federais que destinaram recursos à UFPA para o orçamento de 2008. Quando as emendas são destinadas`a qualquer órgão público, a instituição tem de fazer todo um trâmite burocrático necessário, que passa inclusive pela elaboração de projetos arquitetônicos, quando estes recursos são destinados para a realização de construções. São nestes momentos que medem-se a capacidade executiva do titular da prefeitura do campus. Se estes passos não são dados os recursos retornam ao orçamento da união.

UFPA é fona na execução das obras do reuni em 2008

Pois é meus e minhas, o MEC revelou que a UFPA é uma das IFES com o cronograma mais atrasado na execução das obras do REUNI,durante o exercício de 2008. Apenas 4% das obras foram executadas. O dinheiro está no MEC mais não foram dados os passos legais para a tomada dos recursos. Que foi que aconteceu? a prefeitura, segundo a versão do ex reitor ,estava super aparelhada e comandada por um mega prefeito, competente e realizador. Se a UFPA não gastar pelo menos 50% dos recursos disponíveis vai perde-los.


ICS devolve sala do CEP no campus do guamá

A Diretora do ICS foi "orientada" pelo reitor da UFPA a devolver as salas do Comitê de Ética em Pesquisa do curso de farmácia localizada no campus do guamá. Estas salas ficam ao lado do curso de odontologia e tinham sido repassadas de forma discricionária ao curso de enfermagem, deixando os professores de farmácia revoltados. As salas foram prontamente devolvidas.

UFPA: Licenciatura em Música reune com a Pró-reitora de Ensino.
-Por Baleixe.

Os professores da Graduação em Música passaram a manhã e parte da tarde de ontem, dia 04 de agosto — terça-feira —, reunidos com a Pró-reitora de Ensino de Graduação da UFPA, advogada e professora Marlene Rodrigues Medeiros Freitas.

O Colegiado da Licenciatura em Música consultou aquela pró-reitoria sobre a licitude da sua submissão à estrutura do curso técnico, determinada no organograma adotado pelo ICA — Instituto de Ciências da Arte — para gestão da subunidade acadêmica denominada Escola de Música.
Em reunião realizada em 27 de julho passado, com o Reitor e a direção do ICA, fora dado o prazo de 10 dias para que esses docentes decidissem se sairiam ou não do prédio do Ateliê de Arte do Campus do Guamá, para se instalarem na “Casa da Conselheiro”, sede da EMUFPA — Escola de Música da UFPA.

No dia 28 de julho — um dia após a reunião com o Reitor — a professora Valéria Cristina Marques criou o blog Música UFPA Graduação e nele postou uma série de documentos comprobatórios das irregularidades que precederam a criação do ICA e, principalmente, as evidências do apartamento do corpo docente da graduação nas discussões ao longo do raciocínio de um Instituto aprovado sob a luz do Estatuto e Regimento Geral passados que não se adequou aos Estatuto e Regimento Geral atuais.

O blog da Graduação em Música alcançou nos 9 (nove) primeiros dias de existência quase 1400 visitas, uma notável média de 150 consultas diárias.Hoje, dia 05 de agosto de 2009, expira o prazo dado pelo Reitor, Dr. Carlos Edilson de Almeida Maneschy, à deliberação dos professores da Música (curso superior).

O documento que será protocolado na Reitoria da UFPA dirá que “a Graduação em Música PERMANECERÁ em sua ‘casa’, o Ateliê de Arte, situado no Campus Universitário do Guamá!”.O conteúdo do expediente vai além de uma simples resposta: o Colegiado de Música resolveu comprar uma briga institucional que seria impossível de ser travada durante o mandato de Alex Bolonha Fiúza de Mello: solicitará a revisão do Regimento Interno do ICA e sua conformidade às regras vigentes na UFPA.

Em conversa com a professora Valéria Cristina Marques ela nos disse: “O Curso Superior de Música não admite, em hipótese alguma, ser um joguete na UFPA; a Universidade Federal do Pará é um ambiente sério que forma profissionais que atuarão no contexto social amazônico, portanto, a Instituição deve prover-se de normas que não dêem margem alguma a vitupérios.".

O Música UFPA Graduação continuará no ar dando os informes sobre o processo originado pelo protocolo de hoje: "A discussão é pública porque a Universidade é pública e o dinheiro vem do suor dos brasileiros, portanto, não admitiremos 'atos secretos' que desvirtuem os fatos legítimos", complementa a professora da Licenciatura em Música da UFPA que assumirá a Coordenação da Graduação durante o afastamento da titular, Ana Margarida Lins Leal de Camargo, que gozará suas férias regulamentares.