Google+ Badge

quarta-feira, 15 de julho de 2009

EDUCAÇÃO - Bolsa para Todos anuncia o presidente da CAPES em Manaus

Capes anuncia Programa Bolsa para Todos

Com a proposta de investir na capacitação de recursos humanos nas regiões Centro-Oeste e Norte, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) anunciou, ontem (14), em Manaus (AM), o Programa Bolsa para Todos. Os detalhes da iniciativa foram apresentados pelo presidente da instituição, Jorge Guimarães, durante a Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

O programa integra um grupo de três ações que impulsionarão a formação de doutores na Amazônia. "Qualquer planejamento estratégico de desenvolvimento com a presença mais forte da C&T na região amazônica tem como primeiro elemento a formação de massa crítica", destacou Guimarães.

O Bolsa para Todos terá início em agosto e será destinado para estudantes de mestrado e doutorado de instituições públicas e privadas nas regiões Centro-Oeste e Norte, com exceção do Distrito Federal. De acordo com Guimarães, as bolsas atenderão aos estudantes que não possuem vínculo empregatício e que não contam com bolsas da Capes, do CNPq e das fundações estaduais de amparo à pesquisa.

Ao anunciar o programa, Guimarães destacou a necessidade de formar jovens doutores na Amazônia, preferencialmente os que são da própria região. "O melhor candidato para se fixar aqui é alguém da própria região. Isso não foi muito considerado no passado", disse. Ele acredita que, a partir do programa, haverá uma procura maior por parte dos estudantes que ainda não cogitavam fazer pós-graduação.

O presidente da Capes lembrou que hoje o país conta com 160 mil estudantes de pós-graduação. Deste total, um terço possui vínculo empregatício, um terço conta com bolsas e um terço não entra em nenhum dos casos citados. As bolsas contemplarão os estudantes das regiões Centro-Oeste e Norte que se enquadram no terceiro grupo. "Esse é o primeiro elemento de uma decisão de governo explícita para a capacitação de recursos humanos na Amazônia", disse.

Férias

Outra iniciativa anunciada por Guimarães é um programa de apoio a estágios para graduandos em férias. A Capes concederá bolsas no valor de R$ 300 para estudantes de graduação interessados em se capacitar em outras instituições de ensino superior qualificadas, fora do seu Estado. Os selecionados também serão contemplados com as passagens e alojamento, que serão garantidas pela universidade visitada. O presidente da coordenação citou como exemplo uma iniciativa semelhante, que foi bem sucedida e realizada com estudantes de países africanos, como Angola, Moçambique e Cabo Verde.

Guimarães lembrou que, se o estudante estiver no primeiro ano de estudos, poderá repetir essa experiência outras vezes. "Ao final do curso, ele será um dos melhores candidatos para o mestrado", afirmou.

O presidente da Capes também anunciou um programa que levará pesquisadores seniors para novas universidades. A idéia é fazer com que esses profissionais levem a sua experiência para essas instituições de ensino superior por até cinco anos. Os professores serão contemplados com bolsas de R$ 7,7 mil. "São pessoas que poderão sedimentar o processo para criar mestrados e doutorados", disse.


Veja mais aqui no Portal da CAPES

Nenhum comentário: