Google+ Badge

sábado, 13 de agosto de 2011

O turismo no Pará não anda

O Liberal (R-70)

Pirataria
Um grupo de turistas estrangeiros foi atacado
por piratas em Santarém, mas a empresa
responsável pelo passeio manteve o caso
sob sigilo. Nem a polícia local comunicou o
episódio à delegacia-geral ou à Paratur, que
soube através de terceiros e entrou no circuito.
O operador de Santarém permitiu aos
turistas passarem a noite em uma área isolada,
distante de Alter-do-Chão, e não disponibilizou
seguranças para a embarcação.
Quer dizer, deu mole para os piratas, que,
como se sabe, só querem um pezinho...


Providências

O episódio desagradou à Paratur, embora
as vítimas não tenham sofrido danos, a não
ser de ordem material. Preocupada com a
segurança dos turistas que visitam o Pará, a
empresa negocia desde janeiro a instalação
de um grupo de polícia especializada no aeroporto
de Belém e até criou uma gerência
de Assuntos Internacionais para cuidar desses
casos.

Acontece que quando os operadores
de turismo não fazem a sua parte na
segurança, fica difícil conter a violência.

Nenhum comentário: