Google+ Badge

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Aqui em Brasília - Governador do DF em exercício, Paulo Octávio se desfilia do DEM...e renuncia ao Governo do DF

Após se desfiliar do DEM, o governador interino do Distrito Federal, Paulo Octávio (sem partido), decidiu nesta terça-feira renunciar ao cargo. Segundo a assessoria do governador interino, ele vai entregar a carta de renúncia às 17h na Câmara Legislativa do DF.

Interlocutores do governador interino, afirmam que sua decisão é consequência da falta de apoio de partido aliados para permanecer no comando do DF.

Com a renúncia de Paulo Octávio, o presidente da Câmara Legislativa, Wilson Lima (PR), deve assumir interinamente o governo do DF.

Leia a matéria completa no UOL Aqui

Também renunciou ao DEM.

O governador em exercício do Distrito Federal, Paulo Octávio, entregou na tarde desta terça-feira (23) seu pedido de desfiliação do DEM. A informação foi confirmada pela assessoria do governador. O comunicado tem apenas uma frase: “Venho por meio desta comunicar a minha desfiliação do partido.” A carta foi entregue ao presidente do partido, deputado federal Rodrigo Maia (RJ). Octávio assumiu o governo desde a prisão do governador José Roberto Arruda (sem partido), decretada no último dia 11, que também se desfilou do DEM antes de ser expulso da legenda.

A Executiva Nacional do DEM havia imposto prazo até esta quarta-feira (24), quando os líderes da legenda se reúnem, para que Octávio deixar o partido ou renunciar ao governo do DF. Hoje mesmo, o deputado federal Ronaldo Caiado (GO) e o senador Demóstenes Torres (GO) - ambos do DEM -, afirmaram que apresentariam o pedido de expulsão de Paulo Octávio, por causa das denúncias que supostamente envolvem a cúpula do governo do DF, deputados distritais e empresários em um esquema de corrupção e pagamento de propina a políticos por empresas de informática que tinham contratos no governo.

Leia a matéria completa no UOL Aqui

Nenhum comentário: