Google+ Badge

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Pará - Ex da Fazenda para o IDESP, tomara se de bem na academia

José Raimundo toma posse como o novo presidente do Idesp

Amazônia Jornal, 27/01/2010

O novo presidente do Idesp (Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará), José Raimundo Trindade, tomou posse dizendo que o órgão colocará na agenda permanente do governo a discussão sobre o desenvolvimento da região. 'Esse órgão, pela sua importância histórica, será necessário para a construção de projetos de longo prazo e atuará em interlocução com a sociedade', disse. A cerimônia de posse foi realizada na manhã de ontem, no auditório do Idesp, na rua Municipalidade, esquina com a travessa D. Pedro I, no Umarizal, e contou com a presença de diversas autoridades.

Durante o evento também foi feito o lançamento de um ciclo de debates intitulado 'Diálogos sobre desenvolvimento', que pretende fazer parte do calendário de atividades do órgão. No primeiro evento foram convidados especialistas de várias áreas do conhecimento para debater as perspectivas de desenvolvimento e as políticas ambientais no Pará. A programação centrou o debate no papel do Estado na promoção de um novo modelo de desenvolvimento.

Como primeiro ato no cargo de presidente, Trindade assinou um convênio de cooperação técnica entre o Idesp e a Defensoria Pública do Estado do Pará. Segundo José Trindade, o convênio pretende realizar um conjunto de pesquisas com a população atendida pela Defensoria Pública e traçar um diagnóstico e perfil desse público.

A cerimônia de posse contou também com o lançamento de publicações técnicas elaboradas no decorrer dos primeiros anos de atividades do Idesp.

3 comentários:

Anônimo disse...

Se vai ser como foi na SEFA que só perdeu R$ e diminuiu a arrecadação.....a coisa não vai dar.

Anônimo disse...

Ele terá que explicar aos otários (a gente)pq não consigueram desenvolver o Pará, será que consegue?.

GONZALO ENRIQUEZ disse...

Por isso foi para o IDESP, aí não tem dinheiro que administrar, apenas pesquisas e falar, falar muito e bem.