Google+ Badge

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Assuntos Estratégicos - Pensar o Brasil de 2022, novo Ministro Chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos , Samuel Pinheiro Guimaraes

Algumas das prioridades da SAE/PR, segundo Presidente Lula e o novo Ministro, deverão ser Pre-Sal, Amazônia, Defesa e a carteira de investimentos nas áreas estratégicas do Brasil de 2022




O embaixador Samuel Pinheiro Guimarães tomou posse, agora há pouco, como novo ministro de Estado Chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República. Ele assume a pasta no lugar de Daniel Vargas, interino desde a saída do ex-ministro Roberto Mangabeira Unger, no início de julho.

Samuel Pinheiro era secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, segundo cargo na hierarquia do Itamaraty, desde o início do governo Lula, em janeiro de 2003.

Durante seu discurso de posse, o novo ministro da SAE agradeceu o voto de confiança do presidente Lula e disse que espera corresponder às expectativas. Samuel Pinheiro afirmou que dará continuidade ao trabalho desenvolvido pela Secretaria e que pretende trabalhar, em conjunto com todos os ministérios, em outros temas estratégicos.

O presidente Lula, em seu pronunciamento, reconheceu publicamente que o ex-ministro da Secretaria, Roberto Mangabeira Unger, “colaborou imensamente” com o Governo, ressaltando o seu trabalho, em conjunto com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, na elaboração da Estratégia Nacional de Defesa.

Lula também agradeceu ao ministro interino Daniel Vargas por ter dado continuidade, de maneira intensa, a um projeto de futuro para o país. Ao novo ministro, o presidente pediu dedicação. “Tenho convicção de que Samuel tem inteligência, competência e trabalho de sobra para pensar o Brasil de 2022”, disse.

A cerimônia de posse foi realizada no Itamaraty com a presença do presidente Lula; do vice-presidente José Alencar; do presidente do Senado, José Sarney; ministros, embaixadores, diplomatas, militares e parlamentares.

Sobre o novo ministro

Samuel Pinheiro Guimarães é mestre em Economia pela Boston University e bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É membro do Centro de Estudos Estratégicos da Escola Superior de Guerra, do Conselho Editorial da Revista Brasileira de Comércio Exterior da FUNCEX, do Conselho Consultivo da Revista Contexto Internacional do Instituto de Relações Internacionais da PUC-RJ e do Conselho Consultivo do Centro Celso Furtado.

É autor de 18 livros, entre eles “Desafios Brasileiros na Era dos Gigantes” e “Quinhentos Anos de Periferia”. Foi eleito Intelectual do Ano 2006 (Troféu Juca Pato) pela União Brasileira de Escritores.

Fonte Secretaria de Assuntos Estratégicos/PR

Nenhum comentário: