Google+ Badge

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Clima - Lula e Obama são convidados a liderar discussões dos Estados sobre REDD

A II Conferência Global de governadores sobre o clima, realizada em Los Angeles, de 28 de setembro a 2 de outubro, sediou uma reunião da força-tarefa dos governadores sobre floresta e clima (GCF, da sigla em inglês), que reúne um grupo de estados do Brasil, EUA e Indonésia e que estão desenvolvendo um plano de ações conjuntas para implementar um mecanismo de Redução das Emissões do Desmatamento e da Degradação florestal (REDD) em escala sub-nacional. Essa reunião resultou numa carta, endereçada aos presidentes dos três países, Luiz Inácio Lula da Silva, Barack Obama, e Susilo Bambang Yudhoyon, respectivamente, convidando os governantes a liderarem a iniciativa dos estados e propondo a elaboração conjunta da proposta a ser apresentada em Copenhague, em dezembro, na conferência que vai discutir o novo acordo global para o enfrentamento das mudanças climáticas.

De acordo com Laurent Micol, coordenador executivo do ICV (Instituto Centro de Vida), que participou do evento como Ong convidada de Mato Grosso, a reunião e o chamado à liderança dos presidentes representam avanços em direção à agenda de Copenhague. No entanto, ele avalia que os estados ainda estão focando muito nas necessidades imediatas para desenvolver projetos de REDD, enquanto ainda precisam resolver vários aspectos de governança para poder implementar tais projetos. “Consideramos que os estados devem trabalhar para criar as condições para efetivamente implantar projetos de REDD. Isso, inclusive, é objeto do monitoramento que fazemos da governança florestal em Mato Grosso.”

Nenhum comentário: