Google+ Badge

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Mudança Climática - Alterações do clima no Ártico

Próximo destino de férias: Ártico?
Enviado por Nurit Bensusan
O Globo

Sabemos - para o bem e para o mal - que tudo que é sólido se desmancha no ar. Agora, estamos vendo que tudo que é sólido desmancha-se, também, na água. As últimas notícias sobre o descongelamento do Ártico não deixam dúvidas: no verão passado, 2008, a costa ártica da Rússia se tornou navegável. Agora, mais uma vez, o Ártico se tornou uma ilha. (Vale a pena ver uma animação sobre o descongelamento ártico nos últimos dias): descongelamento do Ártico.

Isso, certamente, quer dizer muita coisa: primeiro que nosso "sólido" conhecimento de geografia está se desmanchando. Segundo, apesar de que essa região teve verões mais quentes há cerca de 10 mil anos, há muito tempo que isso não acontecia; alguns falam, até, em mais de 125 mil anos. Terceiro, a consolidação dessa possibilidade de circunavegação do Polo Norte mostra que não se tratou, no ano passado, apenas de um verão mais quente. Aparentemente, inclusive, o degelo recorde do ano passado será batido por um descongelamento ainda maior da calota polar. Alguns cientistas já falam em seu completo derretimento nos verões.

A realidade do Ártico está, pois, mudando rapidamente: companhias comerciais de navegação já inauguraram a rota pela costa ártica russa, ursos polares foram visto nadando por longas distâncias à procura de gelo e talvez no futuro, o lugar se torne uma área de turismo e de exploração de recursos naturais. A corrida pelo petróleo já começou.

Mas, como tudo que é sólido desmancha no ar, depois de ter sido cenário de tantas aventuras fatais no século XIX, talvez esse não seja o futuro reservado ao Ártico afinal... Alguns pesquisadores têm apontado para uma diminuição da atividade solar que poderia nos conduzir a uma nova mini era do gelo, como a que aconteceu no final do século XVII e mergulhou a Europa num enorme frio. Um artigo recente, discutindo esse assunto pode ser encontrado neste Link

Há, ainda, muitas dúvidas e controvérsias sobre essa possibilidade, mas talvez seja o caso de aproveitar o momento e embarcar num navio desses para conhecer uma rota factível, anteriormente, só num tabuleiro de WAR: Coreia - Vladivostok - Siberia...

Nenhum comentário: