Google+ Badge

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Secretária Adjunta da SEICOM, recebe prêmio de Economista do Ano 2012

Maria Amélia Enríquez foi galardoada com o Prêmio Economista do Ano 2012, Conferido pelo Sindicato dos Economistas. Ela é atualmente Secretária Adjunta da SEICOM.


A decisão foi comunicada à Professora Maria Amélia.

Comunicamos que por maioria de votos dos associados. deste Sindicato, foi escolhida como Profissional Economista do Ano de 2012, a Professora Dra. Maria Amélia Enriquez.

A outorga da premiação, será feita no encerramento da Semana do Economista, dia 17 de Agosto de 2012, as 20 horas, no auditório do SEBRAE, na Rua Municipalidade.

Parabenizamos não somente à colega Maria Amélia como também os outros dois colegas indicados em votação da Diretoria deste Sindicato: Prof. José Alberto Colares e Prof. Daniel Acatauassu Freira.

Segue Currículo da premiada. Parabéns Maria Amélia.

Doutora em desenvolvimento sustentável pelo CDS/UnB (2007), mestrado em Geociências pela Universidade Estadual de Campinas (1993), especialização em teoria econômica pelo CESEP/PA (1987), graduação em Economia pela Universidade Federal do Pará (1986). Atualmente é professora da Universidade da Amazônia e da Universidade Federal do Pará. Ex- presidente da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (ECOECO). Tem experiência nas áreas mineração e desenvolvimento regional, licenciamento ambiental, planejamento estratégico e áreas afins, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento sustentável, indústria mineral e impactos regionais nos municípios de base mineradora do Brasil . No período de maio de 2008 a julho de 2011, foi assessora da Secretaria de Geologia, Mineração e Transformacão Mineral (SGM) do Ministério das Minas e Energia (MME). Desde junho de 2009 é membro do International Panel for Sustainable Resource Management (Resource Panel) do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP). É atualmente Secretária Adjunta da Secretaria de Indústria Comércio e Mineração - SEICOM, do Estado do Pará.



Nenhum comentário: