Google+ Badge

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Vale enfrenta processo de R$ 37,8 milhões no Maranhão



RIO DE JANEIRO - Procuradores do Ministério Público do Trabalho do Maranhão abriram um processo de R$ 37,8 milhões contra a mineradora Vale. Eles alegam que a companhia violou regras sociais e ambientais no Estado.

O Ministério Público do Trabalho disse em comunicado na noite de ontem que investiga acusações contra a Vale desde 2007, por “irregularidades e acidentes no ambiente de trabalho que resultaram na morte de cinco funcionários.”

“Nos anos em que está no Maranhão, a companhia tem desrespeitado regras básicas de segurança e saúde”, disse a procuradora Anya Gadelha no documento.

No Maranhão está uma importante parte da ferrovia de Carajás, que conecta o maior complexo de mineração da companhia, próximo ao Pará, a uma unidade de pelotização e um terminal portuário na costa.

A Vale não comentou o assunto.

(Dow Jones Newswires)

Nenhum comentário: