Google+ Badge

domingo, 2 de janeiro de 2011

Na posse da presidenta Dilma, Sebastian Piñera Presidente do Chile comete mais uma gafe



O presidente do Chile, Sebastián Piñera, cujas gafes são recorrentes, meteu os pés pelas mãos de novo ao chamar Brasília de Brasilea no último sábado, quando viajou para a posse de Dilma Rousseff.

"Chegando em Brasilea para mudança de comando Lula-Dilma. 2010 foi um ano duro mas soubemos enfrentar com unidade. Será um grande ano para o Chile", postou o presidente em sua conta no Twitter, que originou uma série de brincadeiras e críticas entre os usuários do microblog.

"Brasilea é a capital de Bresil, fica ao lado de Ecuadeaor", ironizava um. "Piñera fez escala em Montefideo antes de chegar a Brasiléia", "Brasiléia está cheia de brasuizos", dizia outro. 
Em entrevista publicada neste domingo pelo jornal "La Cuarta", Piñera também se enrolou ao explicar um de seus erros mais conhecidos, que foi quando mencionou Robinson Crusoé, o personagem de Daniel Defoe, quando declarou ser uma pessoa de carne e osso.

O episódio aconteceu em abril do ano passado, quando visitou o arquipélago Juan Fernández, devastado pelo terremoto e tsunami do dia 27 de fevereiro.

"Nesta ilha viveu Robinson Crusoé durante quatro longos anos, cuja história não somente fascinou o mundo inteiro, mas pôs esta ilha onde vivem 800 chilenos no mapa do mundo", disse o presidente, que completou ao se referir ao arquipélago como se fosse uma ilha.

"Eu sempre fui um grande admirador de Willem Dafoe (sic), que escreveu o romance 'Robinson Crusoé'. Certa vez os habitantes disseram que foi Crusoé que pôs a ilha do mapa, portanto poderíamos dizer que Crusoé é habitante desta ilha", disse, confundindo o autor com o ator de cinema americano Willem Dafoe (de "Homem-Aranha" e "Anticristo").

Terra Brasilis

Outra gafe do Presidente chileno.
 
Na sua admiração reprimida pelo regime nazista da Alemanha de Hitler e do Chile do Pinochet (como foi revelado pelo wikileaks), Piñera já tinha assinado o livro de ouro de visitantes ilustres na alemanha, ecrevendo uma frase considerada nazista e que já tinha sido retirada do Hino Nacional a alemanha"Deutschland über alles" (Alemanha acima de tudo). A folha teve que ser retirada do livro e o Presidente chileno escrever outra frase.


Nenhum comentário: