Google+ Badge

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Sucessaõ - Jader “troca” Ana Júlia por Dilma

O clima é de fim de casamento com a governadora petista Ana Júlia, que ele ajudou a eleger no segundo turno em 2006 e com quem vive às turras atualmente. Mas de prolongada lua-de-mel com o presidente Lula e sua candidata à Presidência, Dilma Rousseff. Interlocutores de Jader têm apenas uma certeza sobre seu futuro político: candidate-se a que cargo for, apóie quem apoiar, o presidente regional do PMDB estará mesmo com Dilma em outubro. “Só temos elogios ao presidente e a Dilma. A relação com o governo Lula é cordial e respeitosa”, diz o deputado Asdrúbal Bentes (PMDB-PA).

Ele estará com Dilma”, reforça o deputado Wladimir Costa (PMDB-PA), lembrando dos fortes laços de amizade entre o parlamentar paraense e o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), cotado para vice na chapa encabeçada pela petista. A proximidade de Jader com o governo federal se traduz em cargos.

No ano passado, Jader Barbalho emplacou Jorge Nassar Palmeira na presidência da Eletronorte, subsidiária da Eletrobrás que gera e leva energia aos nove estados da Amazônia Legal. O setor energético é uma das principais áreas de atuação do peemedebista. Considerado por aliados e adversários como “fiel da balança” nas eleições de outubro no Pará, o deputado Jader Barbalho (PMDB-PA) está entre tapas e beijos com o PT.

Leia a matéria completa no Congresso em Foco Aqui

2 comentários:

citadinokane disse...

Enríquez,
Aliança com o Jáder tem nome de filme. Qual?
- "Dormindo com o inimigo".
abs,
Pedro

GONZALO ENRIQUEZ disse...

Ehehehehe. Essa foi boa Pedro. Eu, só com minha esposa é que durmo.