Google+ Badge

sábado, 19 de julho de 2014

De volta ao Nordeste, Campos retoma críticas a Dilma


SÃO PAULO - Depois de se mudar para São Paulo, de onde centralizará a sua campanha para o Planalto pelo PSB, o ex-governador Eduardo Campos (PE) voltou ao Nordeste neste sábado (19) para fazer campanha em Alagoas e Pernambuco e retomar as críticas ao governo da presidente Dilma.

Campos disse em Maceió que o governo federal não cumpriu os compromissos assumidos com o Nordeste. Segundo ele, a região acreditou no governo, mas não teve o respeito merecido."O Nordeste real sente a falta de um governo em que acreditou", disse o candidato do PSB, ex-aliado de Dilma.

Ele listou obras federais prometidas e não realizadas, como as do canal do sertão, que, segundo Campos, não produziu até hoje "um palmo de agricultura irrigada". Ele citou ainda a melhoria das estradas alagoanas e pernambucanas para incrementar o turismo na região.

O presidenciável do PSB disse esperar que o Nordeste se una em torno de sua candidatura. "Tenho certeza que, como nordestino, o Nordeste vai se unir para nos levar ao segundo turno, para fazer a mudança que o Brasil reclama nesse momento", disse.

Segundo o Datafolha, Campos está em terceiro lugar na corrida presidencial, com 8% das intenções de voto. Ele aparece atrás do senador Aécio Neves (PSDB), segundo colocado com 20%, e da presidente Dilma Rousseff (PT), que lidera a disputa com 36%.

(FolhaPress)

Nenhum comentário: