Google+ Badge

terça-feira, 5 de junho de 2012

'Aqueles que apostam na crise vão perder', afirma Dilma



A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira (5), em discurso na cerimônia de comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, que aqueles que apostam na crise, "como apostaram há quatro anos atrás, vão perder de novo".

Dilma afirmou que já está tomando as medidas necessárias para enfrentar a crise e disse que o governo possui um "arsenal de providências" que ainda poderão ser adotadas.

"Quem aposta na crise, como alguns apostaram há quatro anos atrás, vai perder de novo. Enfrentaremos novas dificuldades com transparência, sem esconder problemas. [...] Vamos continuar crescendo, incluindo, protegendo o meio ambiente. [...] As medidas necessárias estão sendo tomadas e ainda temos um arsenal de providências que serão adotadas quando necessário", afirmou a presidente.

Ainda sobre o cenário econômico internacional, Dilma disse que a crise não pode servir de pretexto para que os governos deixem de lado ações de proteção ao meio ambiente.

"O que todos esperamos é que a crise mundial, gerada pelo excesso de ganância e pela falta de controle dos mercados, não seja um pretexto para uma vitória do excesso da ganância e da falta de controle sobre recursos naturais", disse a presidente.

MEDIDAS

Em maio, o governo lançou uma série de medidas para incentivar os setores automotivo e de bens de capital, além do consumo em geral. O pacote inclui redução de impostos, aumento de prazos de financiamentos e corte de juros.

Entre as medidas, o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) cobrado em todos os financiamentos para consumo caiu de 2,5% para 1,5%.

Outra medida foi a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) até 31 de agosto em até sete pontos percentuais, de acordo com o modelo e a cilindrada do veículo. A renúncia fiscal é estimada em R$ 2,1 bilhões.
KELLY MATOS
DE BRASÍLIA

Folha.com

Nenhum comentário: