Google+ Badge

domingo, 16 de outubro de 2011

Belém - Mais um prédio que envolve técnicos do Real Class evacuado por riscos de problemas estruturais

Por solicitação da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, engenheiros especialistas fazem avaliações no edifício Wing, onde os moradores ficaram assustados após ouvir estalos, na madrugada deste domingo (16). O prédio fica na rua Diogo Móia, entre a travessa 14 de Março e a avenida Generalíssimo Deodoro, no bairro do Umarizal, em Belém.

Segundo informações do Tenente Benedito, do Corpo de Bombeiros, os estalos ouvidos foram provocados pela sobrecarga em um pilar, o qual entrou em colapso, causando o estouro do concreto. De acordo com a Defesa Civil, a parte afetada situa-se em uma área anexa ao edifício, que compõe a estrutura de garagem e piscina e não integra o corpo do prédio. Por isso, o risco de desabamento do edifício de 30 andares foi descartado.

Por medida de segurança, o perímetro da Diogo Móia foi isolado e o edifício foi evacuado. Os moradores do edifício La Vie En Rose, vizinho do Wing, e de outras cinco residências da área também foram retirados do local. No total, 45 famílias foram relocadas para dois hotéis de Belém, por providência do Governo do Estado.

Os engenheiros Paulo Brígido e Paulo Barroso, professor da UFPA e especialista em estrutura, fizeram um diagnostico visual. A arquiteta da Defesa Civil, Rosário Ribeiro, informou que uma empresa de engenharia foi acionada e realizou um procedimento para escorar o pilar afetado. Foi colocada uma escora metálica até que o reparo necessário seja feito. Os moradores só deverão retornar aos apartamentos depois que o pilar for reestruturado.

Com um apartamento por andar e 30 andares, o Edifício Wing foi construído pela empresa Porte Engenharia Ltda para um público Classe A. O diretor do Centro de Perícias Renato Chaves, Orlando Salgado, confirmou que o profissional responsável pelos cálculos estruturais deste edifício foi Raimundo Lobato da Silva, o mesmo calculista responsável pelo edifício Real Class, da Real Engenharia, que desabou em janeiro deste ano.

O Secretário de Segurança do Estado, Luiz Fernandes Rocha, está desde cedo no local acompanhando o trabalho das equipes do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Polícia Militar e Centro de Perícias Renato Chaves. Segundo o Secretário, dois filhos e familiares do governador do Estado, Simão Jatene, residem do edifício Wing. (DOL, com informações de Fúvio Maurício/Diário do Pará)

Nenhum comentário: