Google+ Badge

terça-feira, 30 de agosto de 2011

De onde vão vir os recursos, se ela não sabe que é presidente....

Aprovar mais despesas sem indicar fonte é 'presente de grego', diz Dilma.

Esses R$ 10 bilhões obtidos da economia que gera o aumento da meta de superávit primário, serão alocados para pagar juros da dívida pública e não serão destinados ao PAC, saúde, nem apara a educação, como seria uns meses atras.

"Eu não quero é que me deem presente de grego. Eu quero saber como serão os investimentos necessários para garantir saúde de qualidade, de onde vão sair os recursos. O que considero é que, num momento de crise financeira internacional, não é propícia a aprovação de despesas sem dizer de onde virão os recursos. Que eles aprovassem as despesas, mas tivessem firmeza e coragem de aprovar também de onde vão vir os recursos", disse a presidente.

Nenhum comentário: