Google+ Badge

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Sucessão no Pará - Sem inspiração - Ctrl C + Ctrl V

Entrar nesse papo das eleições do Pará, conferir o nível do debate e em geral os recursos mediáticos dos políticos paraenses, deixa sem sem vontade de aparecer na imprensa paraense.

Mas como é o nosso Estado, por ser nossa região, onde temos passado a maior parte de nossa vida profissional (no meu caso, adotei o Estado como minha referência físicav e têrrea mais importante), não da para não estar enterado do que alí acontece e não procurar, contribuir minimamente com os nossos amigos leitores (também no meu caso, só meus amigos me acessam, o resto, não só não acessam meu blog, como também, não recomendo que passem por aqui).

Hoje fui no teclado e fiz uso ao recurso que todo mbommpesquisador faz: Ctrl C + Ctrl V. Vejam o que saiú.

Deu no Blog Hupomnemata do Prof. Fabio Fonseca e no Blog Ananindeua Debates

Os porquês do PMDB 1 

Não tive tempo de mencionar, mas a contundente fala da deputada Bernadete ten Caten (PT), na Assembléia Legislativa, refutando as declarações do deputado Jáder Barbalho (PMDB), foi didática e completa.

A militância petista agradece, porque a pergunta que todos fazem é a seguinte: porque o PT apanha do PMDB e continua virando a outra face? As respostas a essa pergunta são todas impraticáveis: Seja porque tem culpas a expiar, seja porque aceita pagar um preço exorbitante pelo resgate da aliança política com objetivo eleitoral, seja porque não sabe porquês.

Os porquês do PMDB 2

As falas anteriores do deputado Zé Geraldo e de Cláudio Puty foram apaixonadas e por isso mesmo vitais, mas a fala de Bernadete tem o mérito do didatismo, porque ela apontou, um por um, os elementos da participação do PMDB no governo. Aliás, vale à pena reproduzir a lista de Bernadete ten Caten, mostrando que o PMDB é o aliado com maior participação no governo

Os porquês do PMDB 3

Lendo a lista de Bernadete, vê-se bem que não é pouca coisa. E ela não inclui outros mimos feitos ao partido, como os patrocínios ofertados a seus colunistas de guerra, como Marcelo Marques, Mauro Bonna e Guilherme Augusto, os repasses exorbitantes à Assembléia, as emendas parlamentares e o apoio do governo aos municípios governados pelo partido.

Então porque o PMDB quer sempre mais? Para aumentar seu próprio resgate... A grande estratégia do PMDB sempre foi se seqüestrar a si mesmo para cobrar resgate por sua própria devolução. É, o PMDB é mesmo o partido da cobiça...

Nenhum comentário: