Google+ Badge

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Reforço no Bolsa Família é medida “populista” de Dilma, diz FT



SÃO PAULO - A decisão da presidente Dilma Rousseff de aumentar em 10% o pagamento às famílias cadastradas no programa Bolsa Família do governo federal é uma medida “populista” e o “mais agressivo contra-ataque” da presidente até agora contra seus adversários das eleições de outubro, disse o jornal britânico “Financial Times” sobre o pronunciamento de Dilma ontem em rede nacional.
O FT lembra que o percentual de aumento no volume repassado ao programa social do governo supera a inflação, que, pelo IPCA, oscila em torno de 6% em 12 meses. Para o jornal britânico, a medida reforça a política de transferência de recursos às pessoas mais pobres, que tem marcado os 12 anos de governo do PT.

O jornal britânico afirma que o valor atual destinado ao Bolsa Família soma R$ 24 bilhões e cita a opinião de analistas de que os 36 milhões de beneficiários do programa formam um eleitorado “leal” ao PT, especialmente na região Nordeste.

O FT reporta ainda que o “contra-ataque” de Dilma ocorre conforme aumenta a pressão dentro da coalizão de governo para que seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, concorra às eleições deste ano caso a popularidade da presidente continue caindo.

Valor Econômico

Nenhum comentário: