Google+ Badge

terça-feira, 25 de setembro de 2012

PT/PMDB Aliança estratégica, cada vez mais parecidos

Debate tem dobradinha entre Haddad e Chalita para atacar Serra


O debate desta segunda-feira (24) na "TV Gazeta" registrou uma dobradinha involuntária entre os candidatos Gabriel Chalita (PMDB) e Fernando Haddad (PT) --que atacaram o tucano José Serra.

No primeiro bloco do encontro, Haddad perguntou a Chalita sobre o transporte público --na pergunta ele disse que o setor tem uma "avaliação ruim", "ao contrário do que disse Serra" --o tucano havia respondido antes uma pergunta feita por Paulinho da Força (PDT) sobre o tema.

Na resposta, Chalita atacou a administração "Serra/Kassab" e disse que os recursos no setor são insuficientes. Haddad, em sua tréplica, afirmou que as obras feitas no metrô são insuficientes.

PMDB e PT são aliados no governo federal. Antes do processo eleitoral, Chalita e Haddad trocaram elogios. Haddad e Serra brigam pelo segundo lugar nas pesquisas.

Celso Russomanno --até agora líder nas sondagens-- sofreu um ataque de Carlos Giannazi (PSOL), em pergunta endereçada a Haddad.

Giannazi questionou o motivo dos ataques a Russomanno, "[cujo partido] é da base do governo federal" --nos últimos dias o petista aumentou o tom contra o candidato do PRB.

"O Russomanno é um subproduto da política", disse Giannazi, que, segundo ele, foi criado pelo PT, "que prioriza o consumo". "O PT reduziu a cidadania ao consumo."

Haddad respondeu que não fez ataques a Russomanno, mas questiona sua "falta de plano de governo". Disse ainda que sua "boa educação" o permite discordar da forma como Giannazi "faz política" sem atacá-lo.

Giannazi respondeu: "Você é mal agradecido com ele", disse ao lembrar que o partido de Russomanno vota junto com o governo na Câmara dos Deputados.

Do UOL, em São Paulo

Nenhum comentário: