Google+ Badge

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Refugiados que fogem dos rigores do comunismo cubano, conhecem as bênçãos do capitalismo, por dentro.

Ex-prisioneiros políticos refugiados na Espanha protestam trás ficar sem ajuda do Estado Espanhol.

Assim durmiram os refugiados cubanos que tem acampado frente as Relações Exteriores/SANTI BURGOS

O capitalismo por dentro. Aí tem que trabalhar.

Um grupo de 22 cubanos, entre ex-prisioneiros políticos e familiares, acampou ante a sede do Ministério de Assuntos Exteriores e Cooperação para intentar forçar una solução a penosa situação econômica. Entre 2010 y 2011, Espanha e a Havana firmaram um acordo que permitiu liberar e trasladar a Espanha a 115 ex-prisioneiros políticos e 650 familiares. 
Passou-se um ano da sua chegada ao país e os exilados têm ido perdendo as ajudas do Governo. Agora estão ficando sem recursos, já que a imensa maioria não ha encontrado empregos estáveis.
 

Nenhum comentário: