Google+ Badge

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Jarbas Vasconcelos vai recorrer da decisão


Após a aprovação da intervenção nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) nas atividades administrativas da OAB Seção Pará, o presidente Jarbas Vasconcelos afirmou ao DOL, na manhã de hoje (24), que vai recorrer da decisão. “Foi um sessão sigilosa, então não posso adiantar nem quando, nem o que eu vou fazer. Mas foi uma decisão completamente arbitrária, o que envergonha a OAB”, disse.

O resultado do julgamento deixará os dirigentes envolvidos no processo afastados por seis meses, até que a 2ª Câmara da Ordem decida o que será feito. Caso sejam provadas as denúncias contra os envolvidos, eles podem ser punidos com a perda da carteira da Ordem e ficarão impedidos de advogar.

Além de Jarbas, foram julgados como envolvidos o secretário-geral, Alberto Campos Júnior, e os diretores licenciados Evaldo Pinto, Jorge Medeiros e Albano Martins.
Eles fizeram parte do episódio da  venda de um terreno da subseção de Altamira, suspeita de irregularidades, que culminaram na falsificação da assinatura do vice-presidente da OAB-PA. (DOL)

Nenhum comentário: