Google+ Badge

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Universitec promove Oficina de Google Design Sprint - UFPA







Mais de 200 pessoas participaram da Oficina de Google Design Sprint, promovida pela Agência de Inovação Tecnológica da UFPA – Universitec, em parceria com o Google Developers GroupBelém, na última sexta-feira (25), no Auditório Setorial Básico II, no campus Guamá UFPA.

As 140 vagas disponíveis foram preenchidas em menos de 24h. "O sucesso da procura dos estudantes por assuntos ligados ao empreendedorismo evidencia a importância das ações da Universitec para empoderar esses alunos de suas potencialidades. Não basta pesquisar e desenvolver o conhecimento, a inovação, é preciso levar isso ao mercado. Nossa busca é para que estudante universitário saiba que além de ser produtor de conhecimento, mão de obra qualificada, também pode ser empreendedor", diz Gonzalo Enríquez, diretor da Universitec.

A ação integrou o Desafio Inove+, e objetivou apresentar uma nova ferramenta de Validação de Ideias através da criação de protótipos. Trata-se de um processo de design "express" onde um grupo de pessoas se reúne por 2 a 5 dias para responder questões críticas de negócios através de design, prototipagem e teste das ideias com os usuários. O processo foi desenvolvido e anunciado pela Google Ventures, um braço do Google focado em testar e acelerar ideias que ainda estão em estágio inicial de desenvolvimento.

A principal vantagem desse processo em relação a outras metodologias é que ele pega um atalho bastante vantajoso: ao invés de esperar para lançar um MVP (Minimum Viable Product) para descobrir se a ideia é boa ou não - processo esse que pode tomar vários meses -, oDesign Sprint foca especificamente na validação da ideia com usuários e encurta o processo para 40 horas de trabalho.

Para Felipe Araújo, que ministrou a oficina do Google, o desejo de apostar na própria ideia e de buscar fermenta para torná-las um empreendimento de sucesso revela uma mudança de perspectiva da juventude. "É um fenômeno que já desenha há alguns anos. Os jovens não buscam obrigatoriamente ter carteira assinada, ou um concurso público. O horizonte que buscamos para nossa vida profissional é mais ousado, desafiador, e mais diversificado. O empreendedorismo é o norte que nos guia nesse caminho", comenta o aluno de Engenharia Elétrica da UFPA, eleito Estudante do Ano pela multinacional Unilever, na competição nacional Enactus.

Texto e fotos: Gil Sóter - Ascom/Universitec

Publicado em: 28.09.2015 12:00

Nenhum comentário: