Google+ Badge

sábado, 20 de dezembro de 2014

UFPA aprova a criação da Política de Inovação Tecnológica


A Criação da Política de Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Pará foi aprovada pela Comissão Especial do Conselho Universitário (Consun), em reunião extraordinária realizada nesta quarta-feira, 17. Assim, a Agência de Inovação Tecnológica (Universitec) da UFPA, criada em 2009, tem oficializada a sua função de estar à frente das ações da Universidade ligadas ao Empreendedorismo, à Propriedade Intelectual e à Transferência de Tecnologia.

"A Universitec, há tempo, já realiza sua atividade dedicada a tais questões, sobretudo a partir de 2013, diante da missão encarregada à Agência pelo reitor Carlos Maneschy, a qual diz respeito a fomentar o empreendedorismo e a aproximação da academia com a indústria. Agora, diante da aprovação da Política de Inovação, nossas ações se legitimam e se fortalecem", destaca Gonzalo Enríquez, diretor da Universitec. "A UFPA consolida seu esforço de tornar a academia um polo de tecnologia e inovação com capacidade para chegar ao mercado, e contribuir, via ciência inovadora, com o desenvolvimento econômico e social da Região Amazônica", celebra o gestor.

Sobre a Universitec - A Universitec é uma iniciativa voltada para a difusão dos múltiplos aspectos da Inovação e de suas aplicações no âmbito da UFPA. A Lei de Inovação, de 2004, determina que toda Instituição de Ciência e Tecnologia (ICT) deve dispor de um Núcleo de Inovação Tecnológica para gerenciar sua política de Inovação.

Instituída pela Resolução Nº 662, Anexo 1.7, de 31 de março de 2009, a Agência de Inovação Tecnológica da UFPA é um órgão suplementar na estrutura da Administração Superior da UFPA e tem por objetivos: propor uma política de inovação tecnológica para a UFPA; fomentar, no âmbito da Universidade, projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica, voltados para os diversos setores da sociedade; promover a disseminação da inovação tecnológica, da cultura empreendedora e da propriedade intelectual, nos diferentes níveis de ensino, pesquisa e extensão; estimular a cooperação com entidades representativas da sociedade civil, empresas e órgãos públicos, dar apoio técnico na preparação de projetos cooperativos e em acordos entre a Universidade e seus parceiros; articular, incentivar e coordenar as ações das incubadoras de base tecnológica e aquelas referentes ao Parque de Ciência e Tecnologia da UFPA e de outros ambientes de apoio à inovação.

Atribuições - Além disso, a agência tem como atribuições zelar pela Propriedade Intelectual, incentivando a proteção do conhecimento por meio de uma equipe técnica especializada, responsável pelos depósitos de patentes e outros tipos de proteção intelectual; pela Transferência de Tecnologia, estabelecendo diálogos com os agentes do desenvolvimento social e econômico, em busca de oportunidades de transferência de tecnologia, com a finalidade de aplicação do que é produzido na Universidade; e pelo Empreendedorismo, articulando a cooperação entre grupos interessados no assunto e investindo na incubação da empresas, por meio do Programa de Incubação de Empresas de Base Tecnológica (PIEBT).

Texto: Gil Sóter – Ascom/Universitec
Foto: Reprodução / Google


Nenhum comentário: